Recadastramento de imóveis de Salvador começa segunda-feira

Recadastramento de imóveis de Salvador começa segunda-feira

A partir de segunda-feira, 12, todos os que possuem imóveis (residencial ou comercial) em Salvador terão de informar à Prefeitura a sua existência e localização para a atualização do cadastro imobiliário da capital. Em troca o município oferece 10% de desconto no valor total do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) nos exercícios de 2014 e 2015. Entre outras finalidades, o cadastro servirá para fins de cobrança de IPTU.

Participar não é facultativo: o cadastramento ou recadastramento  é obrigatório e quem não o fizer pagará uma multa de R$ 412,62. O prazo é 30 de setembro. E quem está isento de IPTU corre o risco de perder o benefício. O cadastro será feito através da internet e de forma presencial. O prefeito ACM Neto (DEM) e o secretário da  Fazenda, Mauro Ricardo Costa, estarão detalhando o projeto e os seus principais objetivos em entrevista coletiva que  acontece na segunda-feira, no Palácio Thomé de Souza.

O recadastramento ou o primeiro cadastro de imóveis que até então não aparecem no banco de dados da Prefeitura, deverá ser feito em dois passos. O primeiro pela internet através do site www.recadastramento.salvador.ba.gov.br – página que estará no ar a partir de segunda. As principais informações solicitadas são endereço completo, ponto de referência e inscrição imobiliária do imóvel.

O cadastro, após preenchido, deverá ser impresso e entregue à Sefaz com cópias dos documentos que comprovam o que foi declarado. A entrega pode ser feita pelo correio, no endereço indicado no site da Sefaz ou pessoalmente nos postos do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC). Ou, ainda, pessoalmente, na sede da secretaria, no centro da cidade. (A Tarde)