Aplicação financeira segura – Por qual optar?

Você está com um dinheiro guardado, quer que ele renda mais todo o mês, mas não sabe onde investir? Confira aqui, quais as melhores opções de aplicações financeiras.

Passado, presente e futuro

No passado, a maioria das pessoas foram ensinadas a guardarem dinheiro hoje, para realizar os projetos e planos de vida, no futuro. Então, a opção era abrir uma caderneta de poupança numa conta de banco, e depositar mensalmente uma quantia ali.

A palavra rentabilidade, não era muito mencionada naquela época, já que segurança era prioridade nas aplicações financeiras. Querer arriscar um pouco nos investimentos, era loucura total.

Com o passar dos anos, poupar para o futuro tornou-se insuficiente, já que os preços dos alimentos, do combustível, e demais serviços básicos, aumentaram demasiadamente em todos os estados brasileiros.

E aquele dinheiro na poupança, não rendeu o suficiente para bancar as despesas do dia-a-dia, principalmente se estamos falando de empregados assalariados, que possuem o dinheiro contado todo mês.

A solução encontrada pelos investidores, empresários, e pessoas com a mente mais aberta, foi a de ampliar o mercado financeiro, a todas as pessoas físicas que queriam aplicar o seu dinheiro, a fim de obter retornos mais rentáveis a longo prazo.

Investimentos seguros e rentáveis

Várias corretoras e Bancos, disponibilizam títulos de investimentos desde os mais conservadores, até os mais arriscados. Dependendo do seu perfil de investidor (conservador, moderado ou arrojado), os consultores e assessores, montarão uma carteira ideal para seu estilo de vida.

Os títulos do mercado financeiro mais conhecidos e utilizados, são principalmente:

– Certificado de Depósito Bancário – CDB:é considerado um investimento de renda fixa (que não muda independentemente da oscilação do mercado, e mantém a rentabilidade mensal), podendo ser prefixado, pós-fixado ou misto.

A taxa reguladora dos títulos do CDB, é o CDI – Certificado de Depósito Interbancário (empréstimo que os bancos fazem entre si, com uma taxa a mais na hora de pagarem o dinheiro que pegaram).

– Tesouro Selic:é a venda de títulos públicos (emitidos pelo Governo), onde o retorno do dinheiro pago ao investidor, vem com juros. Ele pode estar atrelado ao IPCA, e à taxa Selic (índices aplicáveis às movimentações financeiras), portanto, é seguro e rentável.

– LCI (Letra de Crédito Imobiliário) e LCA (Letra de Crédito do Agronegócio): são investimentos aplicados nas áreas de imóveis e agronegócio, sendo seguros e rentáveis.

– Ações:estas são cotas de participação em grandes, médias ou pequenas empresas do Brasil e do mundo, onde o investidor compra uma ação, e ganha de volta o seu dinheiro com o lucro desta, mais os juros.

Por ser considerado um investimento arriscado, o Fundo de Ações precisa ser constantemente estudado e monitorado, a fim de encontrarem as melhores opções de compra ou venda de cotas empresariais.

Se o seu perfil é de um investidor conservador, opte por aplicar seu dinheiro em CDBs, Tesouro Direto ou LCI e LCA, que garantirão a você um retorno fixo do que você investiu, mais a experiência operacional.

 

 

 

 

 

Mostrar mais

Jessica Oliveira

Formada em Contabilidade fiz especializações em Mercado Financeiro, escrevo no G&M desde 2018.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar