CDB ou LCI – qual melhor?

   

Investir o dinheiro no mercado financeiro, parece difícil e fora da realidade de muitos brasileiros. Basta pesquisarmos um pouco sobre investimentos, para vermos que existem títulos ideais para cada cliente, baseado em seus objetivos e metas de vida.

Resoluções do ano novo

Aproveitando o começo de ano, onde todos fazem as suas listas de objetivos e metas a serem realizadas no ano corrente, faça o mesmo para a sua vida. Essa tarefa, só é favorável se trouxer com ela disciplina, foco e ação.

Determinadas as suas metas, faça as contas de quanto você precisa para viver bem, quitar as suas contas e curtir o lazer. Baseando-se em suas necessidades mensais, é possível montar um plano de investimentos personalizados, em cima destes objetivos.

Agora, compare as suas finanças pessoais, do que você ganha de salário hoje, com o seu salário ideal do futuro. Se o resultado do seu cálculo está muito distante do valor que você quer, está na hora de reajustar o seu orçamento e correr atrás de uma renda extra.

Comparando os títulos CDB e LCI

Sabendo quanto você precisa para viver mensalmente, o mais viável é abrir uma conta gratuita em uma corretora de valores, e saiba mais sobre o título escolhido.

– O Certificado de Depósito Bancário (CDB):é um título que o banco disponibiliza para os investidores, a fim de adquirirem capital para manterem as operações internas.

Os CDBs que pagam 110% do CDI (taxa mediadora dos títulos de CDB), são mais confiáveis e rentáveis. Os bancos menores por sua vez, possuem títulos mais rentáveis a longo prazo. 

Os que os grandes bancos oferecem, geralmente são títulos que pagam 80% do CDI, e não são recomendados, pois a rentabilidade é menor, e o risco não vale a aplicação. Os gerentes dessas instituições maiores, oferecem esses CDBs, porque têm que bater metas de vendas.

Os CDBs podem ser prefixados 12,35% ao ano (sabe-se exatamente quanto vai receber no final da aplicação), e os pós-fixados (sabe-se quanto vai receber depois do vencimento).

Se você não tem uma reserva de emergência, precisa de um investimento com liquidez diária, que seja fácil de retirar. O mais indicado, é investir um pouco de dinheiro em título prefixado (CDB ou Tesouro Direto) e com liquidez diária, para conseguir sacar a hora que quiser usar.

É importante que seja considerado a tributação do imposto de renda, dependendo do valor investido. Os títulos com data de vencimento e juros pós-fixados, podem ser reservados para a sua aposentadoria, uma renda fixa mensal e para o futuro da família.

– As Letras de Crédito Imobiliário:são títulos de investimentos na área de imóveis e hipotecas. Os recursos captados nesse segmento, são investidos na construção de casas, apartamentos, obras e reformas.

Nos títulos de LCI, a aplicação mínima é de 30 mil reais, para pessoas físicas, e para pessoas jurídicas, a tributação começa em 22,5% (com o prazo de até 180 dias), e 15% para prazos acima de 720 dias úteis.    

Mostrar mais

Alinne Souza

Formada em Comunicação Social - Jornalismo. Já teve passagem pela Câmara dos Deputados, atuando como assessora de imprensa e produzindo matérias jornalísticas sobre política.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar