Notícias

Cresce a demanda por vôos domésticos no Brasil

A Abear (Associação Brasileira das Empresas Aéreas), iniciou essa terça-feira, 22 de janeiro de 2019, com uma ótima notícia acerca da oferta e demanda por vôos domésticos no Brasil. Desse modo, os dados mencionados fazem parte das estatísticas anuais da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), responsável por supervisionar a atividade do setor.

Uma vez que se trata de uma estatística anual, foram comparados resultados no período entre o mês de dezembro de 2017 e dezembro de 2018. Assim sendo, foi possível concluir que a demanda por vôos domésticos teve uma alta de 3,98%, considerado pela Abear o melhor resultado desde o ano de 2014.

Desse modo, se tratando a Abear de uma associação, vale ressaltar que fazem parte dela as empresas, GOL e Latam, Azul e Avianca. De fato, a pesquisa também apontou números positivos para a oferta de assentos e para o total de passageiros transportados, apresentando melhoras tanto nas estatísticas de viagens nacionais quanto internacionais.

No caso da oferta de assentos, que se trata da quantidade de lugares nos vôos gerenciados pelas companhias brasileiras, houve avanço de 2,65% em relação ao ano anterior. Ainda assim, por se tratar de um número inferior ao da demanda, foi possível perceber maior lotação dos vôos, que chegou à média de 84,36% de assentos ocupados.

Dados internacionais

Ainda que os resultados gerais possam parecer pouco significativos, houveram grandes mudanças ao analisar apenas os vôos internacionais. Nesse caso, a demanda chegou a subir 20,5%, enquanto a oferta cresceu 20,06%. Por isso, o índice de ocupação dos assentos foi um pouco menor do que nos vôos nacionais, atingindo a marca de 83,23%.

Etiquetas
Mostrar mais

Lucas Dadalt

Físico Médico com formação pela USP e atualmente cursando mestrado em Física Aplicada a Medicina. No momento trabalho em tempo parcial com programação e produção de conteúdos nos mais variados temas como, por exemplo, finanças, investimentos, saúde e marketing.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar