Finanças

5 dicas financeiras de longo prazo para cultivar agora mesmo

Embora a independência financeira completa seja um objetivo difícil de alcançar, a maioria das pessoas quer pelo menos evitar gastar suas vidas lutando para sobreviver. O planejamento pode ajudá-lo a atingir suas metas de dinheiro, mas somente se você colocar o plano de dicas financeiras de longo prazo em ação.

Dicas financeiras de longo prazo para por em prática

Leia com atenção e observe adiante valiosas dicas financeiras de longo prazo para por em prática!

Avalie seu patrimônio líquido

É sempre uma boa ideia saber o seu resultado final. Reúna todas as suas demonstrações financeiras – contas bancárias, contas, declaração de hipoteca, cartões de crédito, recibos de pagamento – e insira os detalhes em um programa de software financeiro.

Inclua o saldo atual, taxa de juros, pagamento mensal e limite. Digite também o valor atual do seu carro, casa e peças principais de joias ou arte. O software financeiro irá subtrair suas responsabilidades de seus ativos para determinar seu patrimônio líquido.

Desenvolver um orçamento familiar viável

Criar e manter um plano de gastos é uma das melhores dicas financeiras de longo prazo. Certifique-se de que seu orçamento é realista e adequado às suas necessidades reais.

As pessoas têm uma tendência a reduzir seus gastos muito abaixo dos níveis sustentáveis ​​e depois desistir de todo o orçamento quando isso não funciona para eles.

Leia também:

Em vez disso, avalie seus hábitos antes de criar seu orçamento. Acompanhe cada centavo que cruza seu caminho, entrando e saindo, por um mês. Use software de finanças pessoais para registrar e categorizar suas receitas e despesas – muitos programas baixam os dados diretamente de seu banco e contas de cartão de crédito e desenvolvem um orçamento para você com base nas informações registradas.

Use isso como ponto de partida e reavalie após três meses, seis meses e depois anualmente. Ajuste seu orçamento conforme necessário para criar um plano que você possa seguir e que também permita que você atinja suas metas.

Economize para sua aposentadoria

Se você tiver a sorte de ter um emprego com registro em carteira, é ótimo. Recomenda-se contribuir o suficiente em um plano privado para unir com as contribuições do empregador. No mínimo, você deveria estar contribuindo com a quantia máxima que seu empregador irá igualar.

Caso contrário, você está jogando fora o dinheiro livre. Cada vez que o seu salário aumenta, contribua com metade desse montante até que esteja no máximo permitido. Quando você maximiza suas contribuições, isso ajuda muito.

Configurar um fundo de emergência

Uma coisa com a qual você pode contar é que, em algum momento, você terá uma despesa inesperada. Um fundo de emergência pode ajudar a custear o impacto do imprevisto em seu orçamento mensal. Essa é uma das melhores dicas financeiras de longo prazo.

Apontar para anular despesas de vida de seis meses, mas se isso parecer intransponível, comece com um objetivo menor. No mínimo, tente manter 1000 reais em seu fundo de emergência, aumentando-o à medida que sua renda disponível aumentar. Lembre-se de que um fundo de emergência é apenas para emergências; se necessário, dificulte o acesso aos fundos para que você não seja tentado a usá-los para não emergências.

Cultive um estilo de vida livre de dívidas

Quando você está começando, algumas dívidas são inevitáveis. Empréstimos estudantis e hipotecas são muitas vezes uma necessidade, e a maioria das famílias possui alguma dívida de cartão de crédito. Uma vez que você financiou totalmente seus planos de aposentadoria e seu fundo de emergência, enfrente sua dívida e pague os saldos de empréstimos e cartões de crédito antes do prazo.

Se você tem uma quantidade significativa de dívida de cartão de crédito ou taxas muito altas em seus outros empréstimos, não espere pelo financiamento total. Tente renegociar sua dívida o quanto antes, para evitar que os juros corram mais ainda.

Etiquetas
Mostrar mais

Danime Mennitti

Graduada e Mestre em História. Faço parte da equipe de redação do portal Gente e Meracado Além de professora e historiadora, sou redatora web freelancer/autônoma.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar