Cartão de Crédito

Digio ou Nubank: escolha entre ambos os cartões demanda reflexão

Nos últimos tempos, houve um verdadeiro boom de cartões de crédito sem anuidade. O mais conhecido deles seja talvez o Nubank, um dos pioneiros nesse segmento. Contudo, com esse sucesso todo, outros cartões de crédito sem anuidade apareceram no mercado, entre eles o Digio, um dos mais conhecidos. Sendo assim, uma pergunta constante na hora de escolher o cartão de crédito é: Digio ou Nubank?

Explicaremos adiante mais informações a respeito desses dois cartões, assim como também efetuaremos um comparativo entre ambos.

Os atributos do Digio

O Digio, ao contrário do Nubank que é uma startup, é um companhia ligada ao banco CBSS, que possui vários associados, inclusive alguns de peso, como o Banco do Brasil.

Leia também: Bia Next: inteligência artificial do Banco Next bate recorde de interações.

Listamos abaixo algumas das vantagens e benefícios do Digio:

  • Não cobra tarifa de anuidade;
  • Todo o atendimento é feito digitalmente;
  • Vinculado à bandeira Visa, que é aceita em 25 milhões de estabelecimentos;
  • Para solicitar, basta ter 18 anos e um celular para efetuar o cadastro.

Os atributos do Nubank

Leia também: Novo token digital é lançado pelo Banco Inter em app.

No que se refere ao cartão de crédito Nubank, enumeramos as seguintes vantagens e benefícios:

  • Não possui anuidade;
  • Não possui tarifas;
  • Tudo é solucionada digitalmente;
  • O controle de gastos é realizado em tempo real;
  • Conta com a bandeira Mastercard, aceita em inúmeros lugares, mais de 30 milhões.

Digio ou Nubank: um comparativo

Leia também: Conta do Nubank para negativados: é possível abrir uma? Descubra.

A fim de mostrar as diferenças entre os dois, preste atenção no comparativo a seguir:

  • O Nubank está oferecendo um programa de fidelidade próprio. O Digio, por outro lado, oferece um terceirizado, como o Smiles ou o Multiplus;
  • No Nubank é possível adiantar o pagamento de parcelas, coisa que não ocorre com o Digio;
  • O Digio está vinculada a uma instituição bancária. O Nubank, por sua vez, é totalmente independente;
  • As taxas de juros de ambos são pequenas, relativamente falando. No entanto, no caso de pagamento parcial da fatura, ou seja, o uso do crédito rotativo, a cobrança de juro depende de cada cliente, no caso do Nubank. Já o Digio cobra 11% de juros mês a mês.
  • O Nubank não cobra pela avaliação emergencial de crédito, coisa que o Digio cobra R$5,00 para efetuar.
  • O Nubank demanda convite para a solicitação do cartão e tem uma longa lista de espera, enquanto que o Digio dispensa convites e não há fila.

 

 

Etiquetas
Mostrar mais

Danime Mennitti

Graduada e Mestre em História. Faço parte da equipe de redação do portal Gente e Meracado Além de professora e historiadora, sou redatora web freelancer/autônoma.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar