Finanças

Diretor Executivo da JP Morgan não vê problemas em taxação dos mais ricos

O diretor-executivo do JPMorgan Chase, Jamie Dimon, que comanda um dos bancos mais importantes de Wall Street, falou ontem que os ultra-ricos teriam sim condições de pagar mais impostos à passo em que se ampliam as discussões políticas a respeito do aumento dos impostos para as pessoas ricas.

“Acredito que os indivíduos que ganham mais podem pagar mais, e não tenho problema em pagar impostos mais elevados para enfrentar alguns dos desafios e injustiças fundamentais em nossa sociedade”, declarou Dimon por meio de um comunicado mandado via e-mail do JPMorgan, em resposta às perguntas feitas. por repórteres recentemente.

Ele ainda emendou: “No entanto, precisamos garantir que os nossos impostos estão indo onde eles podem ser mais eficazes – como a expansão do crédito de imposto de renda e outros programas que apoiam as pessoas e comunidades que realmente precisam”.

As observações de Dimon aparecem no momento em que os democratas seniores fazem as preparações para elaborar um projeto fiscal agora em 2019 que diminuiria os déficits orçamentários anuais e provavelmente abrangeria aumentos de impostos sobre empresas e as pessoas ricas.

A representante norte-americana Alexandria Ocasio-Cortez, integrante de uma nova leva de democratas que incorporou este ano um modelo liberal mais robusto, é favorável a impostos de até 70% com lucros tributáveis ​​acima de US $ 10 milhões. Isso significa um enorme aumento em comparação aos 37% atuais, que atingem a US $ 500.000 para um único ganhador.

Nesse interím, a senadora Elizabeth Warren, outra democrata e igualmente ativista liberal que assumiu uma posição em Wall Street, elaborou uma proposta a respeito de um imposto em cima da riqueza acumulada dos ultra-ricos, através de um pagamento anual de 2% do valor dos ativos líquidos entre US $ 50 milhões e US $ 50 milhões. US $ 1 bilhão e uma taxa de 3% acima disso.

Dimon ganhou US $ 31 milhões em pagamentos totais no ano de 2018, conforme informa dados obtidos a partir de um arquivamento regulador pelo JPMorgan.

Etiquetas
Mostrar mais

Danime Mennitti

Graduada e Mestre em História. Faço parte da equipe de redação do portal Gente e Meracado Além de professora e historiadora, sou redatora web freelancer/autônoma.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar