Investimentos

Empresários devem investir na caderneta de poupança?

Empresários devem investir na caderneta de poupança?

Você cresceu ouvindo os seus pais e outros parentes dizerem que, finalmente abriram uma caderneta de poupança, e com o dinheiro aplicado, conseguirão abrir um negócio, comprar uma casa nova, um carro e entre outros, não é mesmo?

Eles podem até ter conseguido realizar todas essas coisas, porém com certeza se decepcionaram um pouco, com o valor resgatado no final da aplicação. 

Dicas para não errar na hora de investir

1-Microempreendedores Individuais (MEI), precisam de um investimento mais rentável do que a poupança, já que a intenção é se capitalizar na pessoa física, a fim de pagar menos impostos na pessoa jurídica.

2-Faça uma lista de todas as suas despesas, sejam elas de pessoa física e de pessoa jurídica. 

3-Liste também a sua receita bruta mensal (PF e PJ).

4-Pense sobre os seus planos de futuro, onde você quer estar daqui a 3, 5, 10 anos, e em que nível a sua empresa estará.

5-Aproveite o final de ano, e compare atentamente os resultados dos lucros da sua empresa, valor de compras, itens que deram mais despesas e etc.

6-Se precisar contratar um ou mais funcionários, para otimizar as suas tarefas, pense nisso. Coloque todas as despesas na ponta do lápis e aproveite as oportunidades para o começo do ano.

7-Se você nunca investiu em título algum além da poupança, cuidado com as ofertas tentadoras que os bancos oferecem. Alguns gerentes de banco dizem, que um título de CDB emitido pelo banco (Certificado de Depósito Bancário) a um percentual de 80% do CDI, é um ótimo negócio.

Porém em corretoras de valores, o mesmo título de CDB, pode render até 100% do CDI (taxa básica inerente a esse título). Um pouco de pesquisa, pode fazer o seu dinheiro dobrar rapidamente, valorizando o seu negócio.

8-Não misture as suas despesas e os ganhos pessoais, com os da empresa. Esse é um erro que muitos empresários cometem. Decidiu viajar com a família? Use seus recursos pessoais.

Pense, pesquise e pergunte 

Resumindo: se você empresário, paga suas contas em dia, ou mesmo se endividou pedindo empréstimo no banco, simplesmente porque não tinha de onde tirar dinheiro para pagar seus funcionários (e outras despesas), então saiba que a caderneta de poupança não é para você.

Aposte em investimentos mais rentáveis, no longo e curto prazo, como o Tesouro Selic IPCA (com vencimento de títulos mais próximos do resgate, e aportes de no mínimo 30 reais por mês), CDB (médio e longo prazo) e em Fundos de Investimento (o risco vale a pena, pois rende mais).

Informe-se sobre as mudanças no mercado em que você atua, investindo em cursos, palestras, conhecer novas tecnologias, negócios e investimentos, pois esperar uma oportunidade para o cenário financeiro melhorar, não é uma opção.

Se a sua empresa acumulou muito estoque nesse fim de ano, contabilize todos os produtos de maneira organizada, e pense em novas estratégias para que todas as mercadorias sejam vendidas ou negociadas, gerando mais dinheiro para a sua empresa.

Mostrar mais

Alinne Souza

Formada em Comunicação Social - Jornalismo. Já teve passagem pela Câmara dos Deputados, atuando como assessora de imprensa e produzindo matérias jornalísticas sobre política.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar