Investimento com pouco dinheiro, e agora?

Ao ouvirmos falar de investimentos, ações na Bolsa de Valores, Multimercados e outros produtos financeiros, tem-se a ideia de que é preciso muito dinheiro, para começar a investir em um desses mercados, certo?

Errado! Conheça agora, alguns investimentos bem rentáveis, que você pode fazer com pouco dinheiro, parando de adiar os seus sonhos, e a tão sonhada independência financeira.

Definindo um plano de vida

-Tenha metas a serem alcançadas em sua vida, sejam elas de curto (de três a seis meses), médio (um a cinco anos), ou longo prazo (mais de 10 anos).

-Assim, você focaliza nas atividades diárias, que realmente te levarão mais perto dos seus objetivos. Coloque todos os seus desejos, escritos em um papel, de forma detalhada, do menor, ao maior (exemplo, um tênis, uma bicicleta, uma casa própria e entre outros).

-Quem não sabe o que quer da vida, não conseguirá investir em nada que lhe garanta a estabilidade financeira tão sonhada. Agora que você escreveu as suas metas, comece a estudar pelo menos 20 minutos do seu dia, a respeito de algum investimento financeiro.

Falta de conhecimento em uma área, não é desculpa para nãotomar uma atitude

-Comece a ler aos poucos, seja um livro físico ou virtual, sobre finanças, dinheiro, Tesouro Direto, CDB, CDI, e tudo aquilo que você nunca ouviu falar, para mergulhar de vez nesse universo.

-Não é preciso saber de tudo sobre investimentos, nem tampouco fazer uma universidade de Economia.

-Comece um investimento seguro no Tesouro Direto, a partir de 30 reais, para depois ir subindo o valor na aplicação, pois assim, o risco de perder dinheiro é mínimo (inclusive não é recomendado retirar o dinheiro antes do prazo, no Tesouro Direto).

-Faça uma análise séria e concreta, sobre a sua real situação financeira hoje. Liste as suas despesas mensais, as dívidas que tiver, bem como se sobra ou não algum dinheiro no final do mês.

-O primeiro passo em direção a um bom investimento, só pode ser feito por você. Portanto, ninguém é culpado pelos seus erros, na hora de lidar com o dinheiro, a não ser você mesmo.

-Estipulado um valor mensal para investir, faça-o imediatamente (depois de estudar bastante as opções). Pois, o risco de pessoas da sua família e amigos tentarem sabotar as suas metas, é grande. A ideia deles, é que não vale a pena investir, o que importa é o hoje, para se divertir.

-Se o lazer é importante para você, coloque nas suas metas e prioridades, estipulando um valor máximo que está disposto a pagar, e não se incomode com quem te criticar ou te chamar de pão-duro.

-A responsabilidade requer sacrifícios, mas não é preciso abrir mão de tudo o que gosta. Apenas planeje as suas atividades de lazer, seja com a família ou com amigos, em uma forma de gastar menos dinheiro, mas que todos se divirtam.

-Pare de adiar o que precisa fazer. Foque nos seus objetivos, compartilhe-os com quem se importa com você.

 

 

Mostrar mais

Jessica Oliveira

Formada em Contabilidade fiz especializações em Mercado Financeiro, escrevo no G&M desde 2018.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar