Investimentos

Onde investir R$5 mil reais?

Falar sobre dinheiro, finanças, investimentos e mercado financeiro, pode ser complexo para muitas pessoas. Tem-se a ideia de que, começar a investir, é difícil, caro e arriscado demais.

Mas, os investimentos no mercado financeiro, têm ficado cada vez mais fáceis de entender, de aplicar e principalmente, na rentabilidade mensal extremamente vantajosa.

Se você tem em sua caderneta de poupança, um valor de cinco mil reais, já viu que ele não rendeu nada na sua conta. Agora, conheça os caminhos altamente rentáveis, para o seu dinheiro dobrar rapidamente.

Segurança e rentabilidade

Todos buscam segurança e rentabilidade na hora de investirem, seja no curto, médio ou longo prazo, baseado nos objetivos e metas de cada um.

Antes de escolher um investimento, faça um mapeamento detalhado da sua situação financeira atual, levando-se em conta todas as despesas fixas e variáveis que você tem, em uma planilha, no papel ou em aplicativos para celular, ou computador.

Agora, escreva o valor exato de sua renda mensal líquida (salário, gorjetas, renda extra, 13º salário, férias, etc). Analisando essas informações, verifique se possui dívidas em aberto, qual o valor e quanto tempo está inadimplente.

Aproveite o 13º salário, por exemplo, para negociar e quitar as suas dívidas mais antigas, eliminando os inimigos do seu orçamento. Faturas de cartão de crédito, de telefone móvel, compras de supermercado e outras, são as que geralmente, possuem os juros diários mais altos.

Quatro investimentos rentáveis para todos os bolsos

– Tesouro Selic: o Tesouro Direto, é um investimento que requer a compra de títulos públicos (emitidos pelo Governo Federal), destinado a obras de infraestrutura, educação, saúde entre outros. O valor mínimo de aplicação desse título, é de trinta reais por mês.

Os títulos deste podem ser prefixados, pós-fixados ou mistos, possuindo um rendimento bem acima da inflação (em torno de 10,5%), sendo assim, bem mais rentável (e seguro) do que a poupança.

O Tesouro Selic 2021, por exemplo, é um dos títulos mais próximos de liquidez (resgate do valor), do que outras formas de investimento disponíveis no mercado hoje.

– Tesouro IPCA +: os títulos desse investimento, acompanham o índice da inflação, portanto, a rentabilidade deste está atrelado à inflação. Nos últimos 10 anos, o Tesouro IPCA +, rendeu 400%, o que foi um resultado excelente para os primeiros investidores dessa modalidade, na época.

– Certificado de Depósito Bancário – CDB: é considerado também um investimento seguro e rentável, podendo-se aplicar de 5 mil a 100 reais, a um determinado prazo de resgate.

A vantagem é que, dá para ajustar o prazo de liquidez do título, dependendo dos seus objetivos. É importante saber que, quanto mais tempo o seu dinheiro ficar investido, maior será a sua rentabilidade, bem como a isenção de imposto de renda e de taxas bancárias.

– Fundos de investimentos: compra ou venda de ações na Bolsa de Valores, sendo possível optar por aplicações em empresas mais rentáveis, porém o risco é maior nessas operações. Recomenda-se uma carteira mista, com renda fixa e variável.

Mostrar mais

Jessica Oliveira

Formada em Contabilidade fiz especializações em Mercado Financeiro, escrevo no G&M desde 2018.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar