Cartão de CréditoFinanças

Passos para reduzir a dívida do cartão de crédito podem impactar positivamente a saúde financeira

É sempre importante se colocar em uma posição financeira sólida, e uma boa maneira de fazer isso é desenterrar a dívida do cartão de crédito.

Uma abordagem estruturada e disciplinada pode ajudá-lo a sair da dívida de cartão de crédito, independentemente de seu saldo ser de 3 mil reais ou de 30.000. Siga estas dicas para sair do vermelho o mais rápido possível.

Leia também:

Dicas para reduzir a dívida do cartão de crédito

Veja adiante algumas dicas para diminuir a dívida do cartão de crédito

1. Faça um balanço.

Antes de começar a reduzir suas dívidas de cartão de crédito, saiba onde você está. Muitas pessoas dirão que têm uma certa quantia de dívida – 9 mil reais, digamos – quando, na realidade, são 11 ou 14 mil. Você nunca atingirá seu alvo se não souber onde está, portanto seja brutalmente honesto consigo mesmo.
Plano de ação: Anote a dívida – e a taxa de juros – em cada cartão que você tiver.

2. Melhore suas taxas.

A maneira mais rápida de economizar em suas contas de cartão de crédito é negociar uma taxa de juros menor. Se você conseguir economizar até um ponto percentual ou dois, poderá economizar centenas ao pagar sua dívida. Um simples telefonema e um pedido educado podem ser o suficiente. Enquanto sua pontuação de crédito terá um grande papel em obter ou não um corte de taxa, não é o único fator. Cada credor tem sua própria abordagem para esta questão. Nunca é demais dar uma chance.

Plano de ação: chame cada empresa de cartão de crédito e solicite taxas de juros mais baixas. Quero tentar? Nós temos dicas. Se você for bem sucedido, anote suas novas taxas de juros.

3. Acompanhe os seus custos.

Anote todas as suas despesas regulares e comprometidas (hipoteca, utilidades, seguro, pagamentos de carro, pagamentos mínimos com cartão de crédito, telefone, academia, TV a cabo, etc.) e acompanhe outras despesas variáveis, como refeições em restaurantes, entretenimento e viagens. Isso servirá de base para seu orçamento.

Plano de ação: Estude até um ano de faturas de cartão de crédito e extratos bancários para ter uma noção precisa de seus gastos mensais e acompanhe suas despesas com um notebook ou um software financeiro.

 

Etiquetas
Mostrar mais

Danime Mennitti

Graduada e Mestre em História. Faço parte da equipe de redação do portal Gente e Meracado Além de professora e historiadora, sou redatora web freelancer/autônoma.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar