Empregos

Profissões mais importantes no futuro

A tecnologia no uso de robôs, já substituiu milhares de pessoas em empresas de grande, médio e pequeno porte. E a tendência é que cada vez menos pessoas, façam parte do quadro de funcionários das organizações. 

Isso diminuiria consideravelmente os gastos com salários, benefícios, férias, transportes, licenças, absenteísmos e entre outras despesas que um funcionário custa aos empregadores. 

De olho no cenário econômico

Sabendo disso, o perfil do colaborador para o futuro, vai muito além de simplesmente ter conhecimento das funções de um cargo. Exige também que o colaborador possua um feeling, um sentido extra sobre a necessidade do mercado, e do cliente.

Confira as profissões mais cotadas, algumas delas são novas, e outras foram atualizadas:

– Bioinformacionista: esta profissão consiste em mapear informações genéticas, e monitorar de perto a infestação de doenças, epidemias e contaminações, sabendo-se exatamente quando acontecerão e onde ocorreu os primeiros casos.

– Coaching:esta é uma profissão que promove o autoconhecimento do ser humano, e o guia de volta ao seu propósito de vida.

– Profissional de marketing digital:grandes corporações, necessitam de profissionais de marketing engajados no mundo digital. Vender um produto é apenas a ponta do iceberg, é preciso ir além e surpreender o cliente no pós-venda e fidelizá-lo.

– Hacker genético: assim como os hackers de redes de conexão, existem também os hackers genéticos. Esse profissional atuará na prevenção e mapeamento de pessoas e sistemas, a fim de modificar os genes para a cura de doenças, ou na revitalização de sistemas.

– Engenheiro hospitalar:com aparelhos de tecnologia sendo inseridos no ambiente hospitalar, será preciso um profissional que saiba operá-los, e mais do que isso, que otimize o tempo e dinheiro gasto com procedimentos manuais. 

Profissões voltadas para o desenvolvimento humano

– Especialista em simplicidade: como o nome mesmo diz, esse profissional deverá simplificar as atividades cotidianas, a fim de desburocratizar os sistemas, e os protocolos.

– Gestor de qualidade de vida: essa profissão, tem o foco voltado para a qualidade de trabalho de cada equipe na empresa, promovendo e prevenindo acidentes de trabalho, afastamentos, licenças e doenças relacionadas ao labor diário.

– Técnico em telemedicina: esse profissional levará o atendimento médico a lugares afastados do país e do mundo, a comunidades e cidades com menos recursos.

– Programadores de entretenimento pessoal:responsável por criar literalmente, programas de entretenimento pessoal, como shows, eventos e demais distrações para as pessoas.

– Profissionais de saúde mental:nesta área não há como substituir os humanos, por máquinas. Portanto, os psicólogos, psiquiatras e terapeutas, sempre terão espaço nas empresas.

– Conselheiro de aposentadoria:é o profissional capaz de aconselhar e estudar o melhor momento em que um indivíduo, seja assalariado ou não, possa se aposentar. Com o envelhecimento da população, uma consultoria nesta área será a nova aposta para o futuro.

Os profissionais devem estar preparados para a mudança do cenário, com o fim de se adaptarem às novas exigências e necessidades da população, independentemente da faixa etária. 

Mostrar mais

Alinne Souza

Formada em Comunicação Social - Jornalismo. Já teve passagem pela Câmara dos Deputados, atuando como assessora de imprensa e produzindo matérias jornalísticas sobre política.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar