Saiba o que é e como funciona o Tesouro Direto

Entenda como funciona essa modalidade de investimento.

Há uma variedade imensa de investimentos disponíveis no mercado, cada qual com seu grau de rentabilidade e nível de risco. A poupança é um dos mais comuns e talvez o mais utilizado deles. Contudo, devido ao seu rendimento ser relativamente baixo, muitas pessoas estão pensando em outras possibilidades na hora de investir. O Tesouro Direto é um dos mais procurados nesse sentido.

Mas o que é o Tesouro Direto? Como funciona esse investimento? É seguro investir no Tesouro Direto? Quais os riscos? Qual a rentabilidade?

O que é Tesouro Direto?

Para sermos mais precisos, é necessário elucidar que o nome do ativo, ou seja, do investimento não é Tesouro Direto. O que chamamos de Tesouro Direto nada mais é na verdade que títulos públicos.

Em outras palavras, são papéis relacionados à dívida pública federal que podem ser adquiridos por qualquer pessoa física. Essa modalidade de investimento existe desde o ano de 2002, quando o Tesouro Nacional fez uma parceria com a B3 e deu-se o nome de Tesouro Direto a esse programa.

O objetivo disso era permitir que um número maior de pessoas pudessem investir nos títulos públicos, possibilitando investimentos que podem começar com um valor bem baixo, na casa dos R$30,00. A partir da implementação desse programa, pessoas físicas passaram a investir nos títulos públicos de forma direta, e não mais por meio fundos de renda fixa, como era feito anteriormente.

Como funciona o investimento no Tesouro Direto?

Para poder investir no Tesouro Direto, você deve seguir o passo a passo indicado abaixo:

  • Abertura de conta em agente de custódia

O agente de custódia corresponde a uma instituição financeira habilitada a fazer operações de títulos públicos pelo programa. Você deve abrir uma conta em um agente de custódia, antes de qualquer coisa.

  • Envio de documentos

Será preciso enviar uma série de documentos, a serem devidamente relacionados pela instituição escolhida.

  • Recebimento de senha e compra dos títulos

Depois de ter enviado toda a documentação necessária, você receberá uma senha da B3 e com isso conseguirá acessar a área restrita do programa. A compra dos títulos pode ser realizada no site da própria instituição financeira.

Quais são os riscos do Tesouro Direto?

Ao contrário do que se possa imaginar, os títulos públicos são a modalidade de investimento com o menor grau de risco de todos, sendo dessa forma a aplicação financeira dotada de maior segurança de todo o mercado. Vale ressaltar que os papéis do Tesouro Direto são 100% garantidos pelo Tesouro Nacional.

Os outros tipos de aplicações, como a poupança, CDB, entre outros, você corre o perigo do banco falir e seu dinheiro se perder com isso. Entretanto, esse risco é praticamente inexistente no que toca aos papéis da dívida pública federal.

 

Mostrar mais

Danime Mennitti

Graduada e Mestre em História. Faço parte da equipe de redação do portal Gente e Meracado Além de professora e historiadora, sou redatora web freelancer/autônoma.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar