Bancos

Credit Suisse e UBS impulsionaram posições de capital

Os maiores bancos da Suíça, UBS e Credit Suisse, melhoraram suas posições de capital, mas precisam fortalecer seu planejamento para crises, afirmou o Banco Nacional da Suíça nesta quinta-feira, citando conclusões da agência financeira FINMA.

O impulsionamento econômico

“Os grandes bancos suíços Credit Suisse e UBS melhoraram um pouco sua situação de capital em geral, apesar da moderada deterioração nas condições econômicas e financeiras”, disse o banco central em seu relatório de estabilidade financeira de 2019.

“De acordo com a FINMA, são necessários esforços adicionais dos grandes bancos para demonstrar que funções sistemicamente importantes podem ser mantidas sem interrupção em uma crise.”

O UBS e o Credit Suisse têm até o final de 2019 para preparar os chamados planos de resolução que impediriam os contribuintes de resgatá-los no caso de uma crise.

O Banco Nacional da Suíça (SNB), que ajuda a supervisionar a estabilidade do sistema financeiro do país, destacou ainda mais os riscos para os bancos domésticos do país de empréstimos imobiliários e mercados hipotecários.

Os bancos com foco no mercado interno aumentaram ainda mais sua exposição a esses mercados em 2018, disse o SNB, em um cenário de desequilíbrios persistentes nos mercados hipotecário e imobiliário e como os riscos de acessibilidade já altos continuaram a subir.

Medidas direcionadas continuam sendo necessárias para tratar de questões relativas a empréstimos imobiliários para investimento, disse o SNB, acrescentando que apoiou novas medidas propostas pelo governo e pelo lobby do setor, a Swiss Bankers Association.

Etiquetas
Mostrar mais

Danime Mennitti

Graduada e Mestre em História. Faço parte da equipe de redação do portal Gente e Meracado Além de professora e historiadora, sou redatora web freelancer/autônoma.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar