Dicas para investir no Tesouro Direto, na prática

O Tesouro Direto, para quem não sabe, são títulos emitidos pelo Governo Federal, a fim de arrecadar recursos, que financiem as obras de infraestrutura interna no país.

Mas, na prática o que seria investir no tesouro direto?Qual o valor mínimo, e o prazo para resgate do dinheiro?Com a internet e a tecnologia disponíveis, ficou fácil procurar um investimento rentável, e menos arriscado no país.

Procurando conhecimento 

Todos nós temos metas e objetivos a serem alcançados, pelo menos o básico, que é conseguir uma casa própria, um carro melhor, e dar uma vida melhor para os filhos ou netos.

Pensando nisso, você pode escolher o melhor título de Tesouro Direto, de acordo com o seu estilo de vida, e os seus sonhos a curto, ou a longo prazo. 

Você pode escolher entre títulos prefixados (é possível saber quanto seu dinheiro irá render até o vencimento), pós-fixados (só é possível saber após o vencimento).

Saiba que se você escolher um título prefixado, por exemplo, não é possível retirá-lo antes do prazo, pois corre-se o risco de perder dinheiro.

Hora de investir no Tesouro Direto!

1ª dica:pesquise tudo o que precisa sobre Tesouro Direto, pedindo ajuda a parentes e familiares próximos, a fim de dar o primeiro passo em direção a sua independência financeira.

2ª dica:pesquise todas as corretoras de valores disponíveis no país, a fim de abrir uma conta gratuita e sem taxas bancárias. Mas, porque não escolher um banco para investir no Tesouro Direto?

Simplesmente, porque o banco cobrará uma taxa de custódia sobre os seus investimentos, e você receberá menos rentabilidade sobre o seu dinheiro investido. Para quem quer construir um patrimônio de investimentos, escolher um banco não é uma boa opção.

Para abrir uma conta em uma corretora de valores é muito fácil, você faz tudo online, e basta apenas preencher o formulário com os seus dados pessoais, e pronto! Um e-mail será encaminhado para você com os seus dados de login e senha, para fazer seus futuros investimentos.

3ª dica: com a conta digital aberta na corretora, combine com o gerente do seu banco atual, para que ele programe o valor que você quer investir todos os meses no Tesouro Direto, por meio de Transferência Eletrônica.

O valor mínimo para investir no Tesouro Direto, é de 30 reais, e pode ser aumentado conforme a necessidade mensal do cliente. Você pode investir em mais de um título ao mesmo tempo, por exemplo, alocar uma parte do seu dinheiro nesse investimento, e outra parte em fundos imobiliários.

4ª dica: o horário para compra e venda dos títulos de tesouro direto, é das nove da manhã, até as seis da tarde, nos dias úteis da semana. E nos finais de semana, as compras são feitas das nove da manhã, até as cinco horas da manhã de segunda-feira.

Conversando atentamente com um consultor financeiro, é possível tirar as dúvidas sobre Tesouro Direto, e começar a render mais dinheiro em 2019. 

Mostrar mais

Alinne Souza

Formada em Comunicação Social - Jornalismo. Já teve passagem pela Câmara dos Deputados, atuando como assessora de imprensa e produzindo matérias jornalísticas sobre política.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar