Juros futuros e a tendência de queda em 2019

Juros futuros e a tendência de queda em 2019

Os juros futuros para o ano de 2019 terão uma tendência de queda por estarem fechando estáveis e pelas expectativas por reformas presidenciais que o governo de Jair Bolsonaro poderá proporcionar. Os juros com vencimento dentro do prazo se mostram em queda desde o último mês. E essa variação de queda dos juros futuros ainda se mostra caindo até o mês de abril de 2019.

A redução do risco

A redução desse risco de queda nos juros se deu com a posse de Bolsonaro como sendo o Presidente do Brasil e com o mercado abraçando esse Presidente, havendo um impacto direto nessas taxas de juros. A esperança também é de que o novo governo consiga provar de que tenha capacidade para trazer novas reformas na área econômica, o que pode reforçar essa queda.

Para os próximos meses

Para os próximos meses poderá haver também uma perspectiva muito tranquila para a inflação e em relatório, o Bradesco observou que uma boa parte do consumo foi em 2018 e mesmo assim, o cenário para o ano de 2019 indica que, terá um ambiente benigno pela frente. Os contratos futuros de DI são a principal referência para se ter uma expectativa sobre o mercado que estão em relação aos próximos movimentos do Copom e ao futuro das taxas Selic e CDI.

Com a palavra os investidores

Segundo um gestor que é de um grande fundo multimercado, os investidores estão dando o benefício da dúvida para o novo Presidente eleito que querem ver de imediato, o time do seu governo, com uma equipe econômica coerente, com ações efetivas. No caso dessa equipe econômica não agradar e nem as suas ações, o mercado poderá pedir mais prêmio na curva dos juros.

O cenário externo 

Uma preocupação para esses juros futuros se dá com o cenário externo e as suas taxas externas que podem movimentar o mercado nacional. Como a questão da guerra comercial entre os Estados Unidos e a China ou as questões na Europa como o Brexit e o petróleo na Arábia Saudita que não devem ser ignorados e precisam de respostas ainda esse ano.

Os juros e a bolsa de valores

Se os juros continuarem caindo, a bolsa ficará muito mais atrativa e ainda é difícil ter um olhar sobre o fechamento dessa curva. Acontece um efeito manada na nossa bolsa que é muito particular e que fica refletido nas bolsas do exterior. O Ibovespa está operando com sinais de cansaço depois de altas sucessivas e agora tende a entrar num movimento que eleve a demanda na bolsa.

O que se esperar do mercado

O mercado está à espera das atividades no Congresso Nacional e com a divulgação do IPCA-15 e também do Fórum Econômico Mundial, que acontecerá em Davos, que será uma grande oportunidade para se observar como o nosso Presidente irá se manifestar. Há muita expectativa também quanto a Reforma da Previdência e só depois desses acontecimentos é que se terá uma real posição sobre o mercado, porém as expectativas são muito boas para uma queda em 2019. 

Mostrar mais

Alinne Souza

Formada em Comunicação Social - Jornalismo. Já teve passagem pela Câmara dos Deputados, atuando como assessora de imprensa e produzindo matérias jornalísticas sobre política.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar